segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Solidariedade

Ainda estou decidindo se admiro ou chamo de doido quem gosta do frio e quem consegue ficar bonito no inverno. Brincadeiras à parte, nós, gaúchos, sofremos “um pouquinho” nessa época... Por mais cuidados que tenhamos, a pele resseca, os lábios racham e por aí vai. 'Tiro o chapéu' para quem gosta do inverno. Se tivesse dinheiro, com certeza já teria viajado para um lugar com muito sol e calor a essas horas. 

Era manhã. Estava muito frio. Esperando na fila de um estabelecimento, numa dessas conversas casuais, duas pessoas defendiam suas preferências por estações diferentes. Uma delas não gostava do verão e preferia o frio. Não suportava o calor e nem os mosquitos. A outra, defendendo o verão, disse algo que me chamou a atenção e me fez parar para pensar: “No calor a gente se vira, mas o frio mata”. Saí pensando sobre isso e enquanto o ar frio penetrava meus pulmões, tentei imaginar como seria estar usando apenas um moletom, e não blusas e casacos. Como seria estar usando chinelos, e não um calçado fechado. Imaginei não ter onde deitar quando a noite chegasse com todo aquele frio. Como seria passar o inverno ou uma noite que fosse, ao léu. E agradeci. Por mais que reclamemos da vida e achemos que as coisas não vão bem, somos privilegiados. Talvez o que tenhamos hoje, seja menos do que esperamos, mas é tudo o que precisamos. Como é fácil focarmos nossa atenção em nossos problemas e esquecermos que há quem não tenha o básico. Aquele básico que nos passa despercebido: A cama confortável, roupas suficientes para aplacar o frio, uma bebida quente... Que tal nós, que somos agraciados pelo Pai e estamos bem aquecidos nesse inverno, sermos solidários com quem precisa? Um gesto simples, como doar um agasalho que não usamos mais, pode fazer a diferença para alguém nesse inverno. Aqueçamos não só o corpo, mas também o coração.
"A solidariedade é o sentimento que melhor expressa o respeito pela dignidade humana."
( Franz Kafka )

2 comentários:

Téo disse...

Belo texto. Mas eu, particularmente, prefiro o inverno. Talvez seja exatamente por não ter passado alguma necessidade com relação ao frio, que eu tenha preferência por esta estação. Mas, com todas estas mudanças climáticas, devemos estar preparados para o que der e vier. Não reclamar, e sim, agradecer a Deus e pedir força e coragem pra seguir em frente. ;P Bjuss

Cris disse...

Obrigada Téo! Bom, se gostas do inverno, eu tiro o chapéu pra ti, então. Hehehe. Brrrrr.