segunda-feira, 17 de agosto de 2009

A Rotina

“A idéia é a rotina do papel
O céu é a rotina do edifício
O inicio é a rotina do final
A escolha é a rotina do gosto
A rotina do espelho é o oposto
A rotina do jornal é o fato
A celebridade é a rotina do boato
A rotina da mão é o toque
A rotina da garganta é o rock
O coração é a rotina da batida
A rotina do equilíbrio é a medida
O vento é a rotina do assobio
A rotina da pele é o arrepio
A rotina do perfume é a lembrança
O pé é a rotina da dança
Julieta é a rotina do queijo
A rotina da boca é o desejo
A rotina do caminho é a direção
A rotina do destino é a certeza
Toda rotina tem a sua beleza.”

Ah, que poema lindo! É daqueles que dão raiva de tão bons! Infelizmente não sei quem é o autor, mas seja lá quem for, está de parabéns! Sempre que passava o comercial da campanha "Toda rotina tem sua beleza", da Natura (olha o merchan!), eu parava o que estivesse fazendo para assistir. Que sacada! Campanha publicitária nota 10!

Nenhum comentário: