terça-feira, 30 de junho de 2009

Diálogos (Im)Pertinentes

Estava em uma fila, em determinado estabelecimento, esperando pacientemente com uma amiga a nossa vez de comprar pão, enquanto as atendentes conversavam entre si.
Entre uma espiadela em um preço e outro das coisas que estavam por perto, ouço o diálogo mais apropriado que poderia haver para o local em que estávamos.
Entre uma pesagem de bolo de chocolate e uns pães dentro dos saquinhos, eis o fragmento da conversa:
- Esse é tiro e queda!
- Qual? O Rosa?
- Sim, o rosa.
Outra atendente entra na conversa:
- Mas por que ele é bom?
A primeira responde enquanto pesa um pedaço de bolo e coloca a etiqueta do preço:
- Porque seca o rato. O Rosa é bom porque seca o rato.

"Veneno para ratos? Tem rato aqui será?"  

- Susi, me lembra de comentar uma coisa depois?
- Lembro.
- É sobre um assunto pertinente... Muito pertinente.
- Tá.
A atendente:
- O que era pra vocês, moças?
Minha amiga:
- Pãezinhos. Seis pãezinhos.

Um comentário:

Susi disse...

Ahusahsahsuahsuahsuahsuas
Relataste bem amiga...mas faltou o fim da história, lembra? Quando devolvo o pão no caixa, pq ao invés de 6 me deram 7 pãezinhos, e ainda amassaaaaaados.
A gente passa por cada uma né...hsuuahuasasahsuau
Tem que rir pra não chorar.
Bjo